Você sabe o que é alimentos termogênicos?

Existem alguns alimentos que tem a capacidade de queimar calorias, são os chamados “Alimentos Termogênicos”. O processo digestivo faz o organismo gastar energia e, assim, várias calorias são queimadas. Quanto mais difícil for digestão, maior o valor “termogênico” do alimento e maior o gasto calórico para processá-lo, acelerando o metabolismo naquele momento.
Beber líquidos gelados queima calorias, isso porque o organismo gasta energia para elevar o líquido de 5oC para 37oC, que é a temperatura corporal interna. Existem outros alimentos com a mesma capacidade como: pimenta-vermelha, gengibre, vinagre de maçã, chá verde, mostarda, cafeína, guaraná, produtos ricos em fibras como grãos e farelos integrais (arroz, milho, trigo), frutas (laranja, kiwi, maça), hortaliças e vegetais fibrosos (brócolis, acelga, couve, aspargos, folha de mostarda), oleaginosas (nozes, castanhas, amêndoas, amendoins), leguminosas (ervilha, feijão e lentilha), gorduras vegetais, em especial, a de coco, produtos derivados de chocolate, os que contêm Ômega-3 (linhaça, bacalhau, salmão, arenque, atum, sardinha, anchova) e a maioria das proteínas vegetais e animais também possui grande valor termogênico, com exceção das preparadas em forma líquida (como os shakes). Apesar das gorduras produzirem nove calorias por grama, consumidas com moderação, não engordam, pelo contrário, aceleram o metabolismo e aumentam a queima de gorduras, o que proporciona a perda de peso uma vez que o organismo os utiliza para construir e renovar suas estruturas, produzir hormônios e mensageiros químicos, e ativar o funcionamento do sistema elétrico. Por outro lado, possuem baixo valor termogênico os alimentos que são digeridos e absorvidos rapidamente, podendo, então, aumentar o depósito de gordura corporal. São eles pão branco, massas, suco de frutas e produtos à base de glicose, maltose, sacarose e lactose.

COLOQUE EM PRÁTICA
Para quem tomar todos os cuidados mencionados e pretende deixar sua dieta mais “termogênica” aí vão algumas dicas:

– Tempere os alimentos com pimenta, mostarda, gengibre e vinagre de maçã.
– Após as refeições tome uma xícara de chá verde.
– Para quem estranha o gosto da linhaça, a dica é misturar na granola, nas sopas ou no feijão.
– Na hora da sobremesa troque doces por frutas, que, além de mais saudáveis, não são calóricas. – Com algumas simples atitudes uma coisa é certa: Seu cardápio vai ficar mais saboroso e você feliz com o resultado de sua dieta!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: