Como manter a força de vontade?

Aprenda a respeitar o tempo.
Você precisa marcar um encontro com uma amiga, manda um mensagem via messenger e, pronto, o recado está dado em questão de segundos. Se fosse por telefone, também não demoraria mais do que isso. Um outro exemplo: se a fome bate, basta colocar uma lasanha no microondas para devorá-la em cerca de três minutinhos. “Vivemos numa época de alta velocidade e, por isso, queremos resultados rápidos, quase instantâneos”, diz Mário Sérgio Cortella, professor da Pontíficia Universidade Católica (PUC). Como é assim que a vida moderna acontece, o que demora um pouco mais causa impaciência ou frustração — e isso dá a sensação de incapacidade ou de que você não tem força de vontade suficiente para cumprir tal tarefa. Não é à toa que muitas mulheres recorrem a uma cirurgia plástica para modelar o corpo em vez de suar a camiseta na academia. Só que nem tudo funciona assim (emagrecer inclusive!). “Querer tudo agora, neste exato instante, impede o amadurecimento da noção de processo, de evolução. Atingir qualquer objetivo requer planejamento, cumprimento de etapas, avaliação do que foi realizado, reflexão e retomada”, explica. Vá com calma e estabeleça metas passo a passo, pois é impossível chegar ao final do percurso sem percorrer antes o caminho todo.

Substitua sacrifício por prazer
Só de falar em força de vontade, já dá a idéia de que o projeto é muito difícil de ser levado adiante. Você imagina que terá de fazer um esforço sobrenatural para conquistar um sonho antes mesmo de ter tentado! Sabe criança que diz não gostar de chuchu sem nunca ter provado o vegetal? Para não cair na cilada do medo do desconhecido, tire proveito do poder das palavras e substitua pensamentos negativos por positivos. “A maior motivação está no prazer. Quando você entende que determinada ação é para o seu próprio bem fica mais fácil sustentá-la”, sugere Patrícia Vieira de Andrade, master em neurolingüística e pós-graduada em neuropsicologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Por isso, troque o termo força de vontade por boa vontade ­- simplesmente você a favor do seu desejo. No lugar de lembrar do esforço de ter de passar creme anti-rugas no rosto toda noite, pense no cuidado e no carinho com a pele. Se tiver que fazer o sacrifício de cortar as delícias do cardápio, antecipe o prazer em ter um corpo mais bonito.

Celebre as pequenas conquistas
Você decidiu radicalizar e na primeira semana de zíper na boca tudo correu às mil maravilhas. Só que depois de algum tempo, aquele pique inicial se transformou em puro fogo de palha e foi sumindo, sumindo, sumindo… Por maior que seja a disciplina, não há quem agüente perseguir uma meta irreal. Convenhamos, quem faz o tipo violão jamais terá as pernas finas de uma top model e persistir nessa batalha vai apenas gerar uma falsa sensação de fracasso. Nesse caso, ajustar o sonho à sua realidade é providência primordial para o seu projeto dar certo. Outra medida importantíssima para não perder a motivação pelo meio do caminho é celebrar cada etapa conquistada. Em vez de voltar a atenção para o que deu errado, compute o seu sucesso: faça um bolinha azul na agenda no dia que recusou a sobremesa ou bateu ponto na aula de localizada. No final do mês, uma seqüência de páginas marcadas em azul é o estímulo que você precisava para conquistar mais uma etapa. Nem todo dia foi nota 10? Tudo bem, força de vontade não significa invulnerabilidade. Tropeçou, levante, pois com o erro você tem a chance de aprender e fazer novamente do jeito certo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: